jusbrasil.com.br
24 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul TCE-MS - RECURSO ORDINÁRIO: RO 160502013001 MS 1946960

Detalhes da Jurisprudência
Processo
RO 160502013001 MS 1946960
Partes
PREFEITURA MUNICIPAL DE AMAMBAI
Publicação
Diário Oficial do TCE-MS n. 2395, de 13/03/2020
Relator
RONALDO CHADID
Documentos anexos
Inteiro TeorTCE-MS_RO_160502013001_940cb.pdf
Relatório e VotoTCE-MS_RO_160502013001_a1e62.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

EMENTA - RECURSO ORDINÁRIO DECISÃO SINGULAR FORMALIZAÇÃO CONTRATUAL REGULARIDADE REMESSAINTEMPESTIVA DE DOCUMENTOS MULTA MEDIDA IMPOSITIVA AUSÊNCIA DE JUSTIFICATIVA NÃO PROVIMENTO.

Comprovada a remessa intempestiva dos documentos, a aplicação de multa é medida impositiva após a omissão que lhestenha dado causa, considerando a ausência de documento e justificativa capaz de elidir a irregularidade.ACÓRDÃO: Vista, relatada e discutida a matéria dos autos, na 38ª Sessão Ordinária do Tribunal Pleno, de 18 de dezembro de2019, ACORDAM os Senhores Conselheiros, por unanimidade, nos termos do voto do Relator, em conhecer e negarprovimento ao Recurso Ordinário, interposto pelo Sr. Sergio Diozebio Barbosa, Ex-Prefeito do Município de Amambai,mantendo-se, dessa forma, integralmente os comandos da Decisão Singular DSG-G. MJMS 1022/2014 nos termos em quefora prolatada.Campo Grande, 18 de dezembro de 2019.Conselheiro Ronaldo Chadid Relator
Disponível em: https://tce-ms.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/825598104/recurso-ordinario-ro-160502013001-ms-1946960