jusbrasil.com.br
3 de Julho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul TCE-MS - RECURSO ORDINÁRIO: RO 183552016001 MS 1827576

Detalhes da Jurisprudência

Processo

RO 183552016001 MS 1827576

Partes

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOIS IRMAOS DO BURITI

Publicação

Diário Oficial do TCE-MS n. 2296, de 04/12/2019

Relator

JERSON DOMINGOS

Documentos anexos

Inteiro TeorTCE-MS_RO_183552016001_4f34e.pdf
Relatório e VotoTCE-MS_RO_183552016001_3d1d4.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

EMENTA - RECURSO ORDINÁRIO DECISÃO SINGULAR CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA MULTA POR REMESSAINTEMPESTIVA DE DOCUMENTOS RAZÕES RECURSAIS CERCEAMENTO DE DEFESA ALEGAÇÃO INSUFICIENTE PRINCÍPIOS DA RAZOABILIDADE E PROPORCIONALIDADE CARÁTER PEDAGÓGICO DA SANÇÃO EXISTÊNCIA DE ANÁLOGASPENALIZAÇÕES SÚMULA 84 REDUÇÃO DA MULTA PARCIAL PROVIMENTO.

A não observância dos prazos estabelecidos para remessa dos documentos ao Tribunal de Contas sujeita o jurisdicionado àssanções previstas na legislação, entre elas a aplicação de multa, não havendo que se falar em exclusão, verificado o atraso noenvio de quase 02 (dois) anos e 06 (seis) meses e ausente justificativa plausível. Usando como fundamento os princípios darazoabilidade e da proporcionalidade, o caráter pedagógico da sanção e a existência de análogas penalizações ao recorrenteem processos diversos, aplica-se a Súmula nº 84 deste Tribunal para reduzir o valor da multa imposta.ACÓRDÃO: Vista, relatada e discutida a matéria dos autos, na 31ª Sessão Ordinária do Tribunal Pleno, de 30 de outubro de2019, ACORDAM os Senhores Conselheiros, por unanimidade, nos termos do voto do relator, em conhecer e dar provimentoparcial ao Recurso Ordinário interposto pelo Senhor Wlademir de Souza Volk, ExPrefeito Municipal de Dois Irmãos doBuriti/MS, para alterar o item 2, reduzindo-se a multa por intempestividade de 30 (trinta) para 5 (cinco) UFERMS emantendo-se inalterados os demais itens da Decisão Singular - DSG - G.MJMS - 855/2017, pelas razões expostas no relatóriovoto.Campo Grande, 30 de outubro de 2019.Conselheiro Jerson Domingos Relator
Disponível em: https://tce-ms.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/789643733/recurso-ordinario-ro-183552016001-ms-1827576

Informações relacionadas

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul TCE-MS - REVISÃO: 51792019 MS 1977338

Tribunal Regional Federal da 5ª Região
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal Regional Federal da 5ª Região TRF-5 - AG: AG 08159605420184050000

Tribunal Superior do Trabalho
Jurisprudênciaano passado

Tribunal Superior do Trabalho TST - RECURSO DE REVISTA: RR 10380-97.2015.5.05.0291

Tribunal de Justiça do Mato Grosso
Jurisprudênciahá 4 anos

Tribunal de Justiça do Mato Grosso TJ-MT - Apelação: APL 001XXXX-96.2013.8.11.0040 MT

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul TCE-MS - CONTRATO DE CREDENCIAMENTO: 68312018 MS 1909019